| Books | Libros | Livres | Bücher | Kitaplar | Livros |

A Única Coisa – o Foco Pode Trazer Resultados Extraordinários Para Sua Vida – Gary Keller, Jay Papasan

Em 7 de junho de 1991, a terra tremeu durante 112 minutos. Não tremeu, na verdade, mas, para mim, foi como se tivesse tremido. Eu estava assistindo à comédia do momento, Amigos, sempre amigos, e as risadas da plateia chacoalhavam e agitavam o cinema. Considerado um dos filmes mais divertidos de todos os tempos, ele oferecia também doses inesperadas de sabedoria e compreensão. Numa cena memorável, Curly, o caubói resoluto interpretado pelo finado Jack Palance, e o inexperiente Mitch, interpretado por Billy Crystal, deixam o grupo para procurar animais desgarrados do bando. Embora tivessem passado boa parte do filme em conflito, cavalgando juntos eles finalmente conseguem estabelecer uma conexão, durante uma conversa sobre a vida. Subitamente, Curly faz seu cavalo parar e se vira sobre a cela para olhar Mitch. Curly: Sabe qual é o segredo da vida? Mitch: Não. Qual é? Curly: Isto. [Ele mostra um dedo.] Mitch: Seu dedo? Curly: Uma coisa. Uma única coisa. Concentre-se nisso, e o resto não vale mais nada. Mitch: Que ótimo, mas que “única coisa” é essa? Curly: Isso é o que você precisa descobrir. Da boca de um personagem fictício chega a nossos ouvidos o segredo do sucesso. Se os roteiristas o conheciam ou se trombaram na ideia sem querer, o fato é que escreveram a mais pura verdade. Uma única coisa é o melhor caminho para você conseguir o que quer. Eu não entendi a ideia muito bem até algum tempo depois. Vivera experiências de sucesso no passado, mas tive de dar com a cara na parede para começar a conectar meus resultados com o caminho que segui. Em menos de uma década, construímos uma companhia de sucesso com ambições nacionais e internacionais, mas de repente as coisas pararam de funcionar. Apesar de toda a dedicação e o trabalho duro, minha vida virou uma bagunça, e eu sentia como se tudo ruísse ao meu redor. Eu estava falhando. ALGUMA COISA TINHA QUE CEDER Eu me sentia como se tivesse encontrado a ponta de uma pequena corda, que lembrava, assustadoramente, uma forca, e procurei ajuda, encontrando-a na figura de um coach. Expliquei-lhe toda a minha situação e falei dos desafios que vinha enfrentando, tanto pessoal quanto profissionalmente. Revisitamos meus objetivos e a trajetória que queria para a minha vida.


Comtodos os problemas em mãos, ele se pôs a procurar respostas, dedicado a uma pesquisa extensa. Quando nos encontramos de novo, ele trouxe meu gráfico organizacional – essencialmente, a companhia inteira vista de cima – e colocou-o na parede. Nossa discussão começou com uma pergunta simples: “Você sabe o que fazer para mudar essa situação?”. Eu não fazia ideia. Ele disse que eu precisava fazer apenas uma coisa. Havia identificado catorze cargos que precisavam de novos talentos, e acreditava que, com gente nova nesses pontos-chave, a empresa, meu trabalho e minha vida passariam por uma mudança radical, e para melhor. Fiquei chocado e deixei claro que eu imaginava que precisaria de muito mais que isso. Ele disse: “Não. Jesus precisou de doze, mas você vai precisar de catorze”. Foi um momento transformador. Eu jamais poderia imaginar como tão pouco poderia mudar tanta coisa. Ficou óbvio que, por mais focado que eu estivesse, não estava focado o suficiente. Encontrar catorze pessoas era, sem dúvida, a coisa mais importante que eu podia fazer. Então, com base nessa reunião, tomei uma grande decisão: demiti a mim mesmo. Deixei de ser CEO e tornei a busca por essas catorze pessoas o meu foco principal. Dessa vez, a terra tremeu de verdade. Em três anos, entramos num período de crescimento sustentável médio anual de 40%, que durou quase uma década. Passamos de ator regional para competidor internacional. Obtivemos sucesso extraordinário, e nunca olhamos para trás. Ao longo do tempo, conforme o sucesso gerava ainda mais sucesso, aconteceu outra coisa: emergiu o idioma da ÚNICA Coisa. Depois de ter encontrado os catorze profissionais, comecei a trabalhar com os funcionários top para construir suas carreiras e seus negócios. Por força do hábito, eu terminava as conversas de coaching com uma recapitulação do punhado de coisas que havíamos combinado, que eles cumpririam até a sessão seguinte. Infelizmente, muitos realizavam boa parte das tarefas, mas não necessariamente a mais importante. Menos resultados. Mais frustração.

Então, numa tentativa de ajudá-los a obter êxito, comecei a encurtar a lista: “Você podia fazer apenas três coisas esta semana…”; “Que tal fazer só duas coisas esta semana…?”. Finalmente, por desespero, fui o mais simples que pude e perguntei: “Qual é a ÚNICA Coisa que você pode fazer esta semana de modo a tornar o restante mais fácil ou desnecessário?”. E a coisa mais incrível aconteceu. Os resultados foram estratosféricos. Depois dessas experiências, revisei meus sucessos e fracassos e descobri um padrão interessante. Quando obtive grande sucesso, eu havia focado minha concentração em uma única coisa, e quando meu sucesso vacilou, meu foco havia feito o mesmo. E assim se fez a luz. SER MAIS SIMPLES Se todo mundo tem o mesmo número de horas num dia, por que algumas pessoas parecemconseguir fazer muito mais do que outras? Como fazem mais, alcançam mais, ganham mais, têm mais? Se o tempo é a moeda das conquistas, então por que alguns são capazes de engordar seus cofres commais notas que outros? A resposta está no fato de que o núcleo de sua abordagem é justamente atingir o núcleo das coisas. Essas pessoas focam no mais simples. Quando você quiser a melhor chance de obter êxito em qualquer coisa que deseja, o caminho a seguir é sempre o mesmo: seja simples. “Ser simples” é ignorar todas as coisas que você poderia fazer, preocupando-se com o que deve fazer. É reconhecer que nem tudo tem a mesma importância e descobrir as coisas que são mais importantes. É conectar com mais vigor o que você faz com o que você quer. É compreender que resultados extraordinários são diretamente determinados por quão específico você pode tornar seu foco. O jeito de extrair o melhor de seu trabalho e de sua vida é ser o mais simples possível. A maioria das pessoas pensa apenas no oposto disso. Pensam que sucesso grandioso consome tempo e é complicado. Como resultado, seus calendários e suas listas de afazeres acabam abarrotados e esmagadores. O sucesso começa a parecer fora de alcance, então elas passam a contentar-se com menos. Sem saberem que o sucesso maior vem quando fazem poucas coisas da melhor forma possível, perdem-se tentando fazer demais e, no fim das contas, realizam de menos. Com o tempo, reduzem suas expectativas, abandonam seus sonhos e permitem que suas vidas fiquem simples. Esse é o jeito errado de ser simples. Você tem quantia limitada de tempo e energia, portanto, quando se espalha, acaba disperso demais. Quer que suas conquistas somem, mas, na verdade, isso demanda subtração, não adição. É preciso fazer menos coisas para obter mais efeito, em vez de fazer mais coisas com efeitos colaterais.

O problema em tentar fazer demais é que, ainda que funcione, acrescentar mais a seu trabalho e sua vida, sem cortar nada, traz muitos problemas: prazos não cumpridos, resultados decepcionantes, muito estresse, tédio, menos sono, má alimentação, nada de exercício e a perda de momentos com a família e os amigos – tudo em nome de correr atrás de uma coisa que é mais fácil de conseguir do que você imagina. Ser simples é um caminho fácil de seguir em busca de resultados extraordinários, e dá certo. Dá certo o tempo todo, em qualquer lugar e com qualquer coisa. Por quê? Porque tem apenas umpropósito: levar você direto ao seu objetivo. Quando você deixa tudo o mais simples possível, foca em uma única coisa. E a ideia é essa. O EFEITO DOMINÓ 2 “Toda grande mudança começa como dominós em queda.” B. J. Thornton Em Leeuwarden, na Noruega, no Dia do Dominó, 13 de novembro de 2009, a Weijers Domino Productions coordenou a queda de dominó que bateu o recorde de maior do mundo, alinhando mais de 4.491.863 peças numa estrutura estonteante. Nesse evento, uma única delas colocou emmovimento uma queda de dominós que deflagrou, cumulativamente, mais de 94.000 joules de energia, quantia gasta por um homem de porte médio para executar 545 flexões de braço. Cada dominó em pé representa uma pequena porção de energia potencial; quanto mais são alinhados, mais energia potencial é acumulada. Alinhe o bastante e, com um simples toque, você pode iniciar uma reação em cadeia de poder surpreendente. E a Weijers Domino Productions comprovou o fato. Quando uma única coisa, a coisa certa, é posta em movimento, pode tombar muitas outras. E tem mais. Em 1983, Lorne Whitehead escreveu no American Journal of Physics que havia descoberto que dominós em queda poderiam não somente tombar muitas coisas, mas também tombar coisas grandes. Ele descreveu como um único dominó é capaz de derrubar outro dominó 50% maior. FIG. 1 Um progressão geométrica de dominós. Compreende a ideia? Uma peça de dominó pode não somente derrubar outras iguais a ela, mas também outros objetos que são sucessivamente maiores. Em 2001, um físico do San Francisco’s Exploratorium reproduziu o experimento de Whitehead, criando oito dominós de compensado, cada qual 50% maior do que o anterior.

O primeiro tinha apenas 5 centímetros; o último, quase 1 metro de altura. A queda de dominós resultante começou com um toque gentil e terminou rapidamente “com um baque muito alto”. Imagine o que aconteceria se a progressão continuasse sem parar. Se uma queda de dominós é uma progressão linear, a de Whitehead seria descrita como uma progressão geométrica. O resultado poderia desafiar a imaginação. O décimo dominó teria quase a mesma altura que Peyton Manning, jogador de futebol americano. Lá pelo 18º, você veria uma peça de dominó capaz de rivalizar com a Torre de Pisa. O 23º dominó seria bem maior que a Torre Eiffel, e o 31º, quase mil metros mais alto que o Monte Everest. O 57º cobriria, praticamente, a distância entre a Terra e a Lua! CONSEGUIR RESULTADOS EXTRAORDINÁRIOS Então, quando pensar em sucesso, viaje para a Lua. É possível alcançá–la se você estabelecer prioridades e empregar toda a sua energia para realizar a coisa mais importante. Conseguir resultados extraordinários resume-se a criar um efeito dominó em sua vida. Não há muito o que inventar quando o assunto é tombar dominós. Você os alinha e empurra o primeiro. Na vida real, no entanto, é um pouco mais complicado. O desafio reside no fato de que a vida não alinha tudo para a gente, dizendo: “É aqui que você deve começar”. Pessoas muito bemsucedidas sabem disso. Então, diariamente, elas alinham suas prioridades mais uma vez, encontram o primeiro dominó e sentam a mão nele até cair. Por que essa estratégia funciona? Porque sucesso extraordinário é sequencial, não simultâneo. O que começa linear se torna geométrico. Você faz a coisa certa, depois faz a próxima coisa certa. Com o tempo, elas se somam, e o potencial geométrico do sucesso é deflagrado. O efeito dominó se aplica em larga escala, como em seu emprego ou em seu negócio, mas se aplica também ao menor dos momentos, no dia a dia, quando você está tentando decidir o que fazer em seguida. Sucesso é construído sobre sucesso, e, conforme isso acontece, cada vez mais, você segue em direção ao maior sucesso possível. FIG 2 Uma progressão geométrica é como um trem muito, muito comprido – começa lento demais para ser notado até que se move rápido demais para brecar. Quando você vê alguém que tem muito conhecimento, essa pessoa aprendeu com o tempo.

Quando vê alguém que tem muitas habilidades, ela as aperfeiçoou com o tempo. Quando vê alguém que fez muita coisa, tudo foi feito com o tempo. Quando vê alguém que tem muito dinheiro, este foi ganho com o tempo. A chave está no tempo. O sucesso é construído sequencialmente. Uma única coisa por vez. 3 O SUCESSO DEIXA PISTAS “Aqueles que se concentram em apenas uma única coisa são os que avançam neste mundo.” Og Mandino Provas da ÚNICA Coisa estão em todo canto. Preste atenção e você sempre as encontrará. UM PRODUTO, UM SERVIÇO Empresas de sucesso extraordinário sempre têm um produto ou serviço pelo qual são mais conhecidas ou que lhes rende mais dinheiro. O Coronel Sanders começou a KFC com uma única receita secreta de frango. A Adolph Coors Company cresceu 1.500% de 1947 a 1967 com um único produto, numa única cervejaria. Os microprocessadores geram a maior parte da receita líquida da Intel. E a Starbucks? Acho que essa você sabe. A lista de negócios que alcançaram resultados extraordinários por meio do poder da ÚNICA Coisa não tem fim. Às vezes, o que é feito ou entregue é também o que é vendido; às vezes, não. Veja o Google. A ÚNICA Coisa deles é a pesquisa, que torna a propaganda, sua fonte-chave de receita, possível. E quanto a Star Wars? Sua ÚNICA Coisa são os filmes ou o merchandise? Se você chutou o merchandise, acertou – e errou. A receita de brinquedos recentemente ultrapassou os US$10 bilhões, enquanto a receita de bilheteria mundial dos 6 filmes principais totalizou menos de metade, US$4,3 bilhões. Porém, do meu ponto de vista, os filmes são a ÚNICA Coisa, porque tornam os brinquedos e os produtos possíveis. A resposta nem sempre é óbvia, mas isso não torna sua procura menos importante. Inovações tecnológicas, mudanças culturais e forças competitivas em geral ditam a evolução ou a transformação da ÚNICA Coisa de um certo negócio. As empresas mais bem-sucedidas sabem disso e estão sempre perguntando: “Qual é nossa ÚNICA Coisa?”.

A Apple merece um estudo por criar um ambiente no qual uma ÚNICA Coisa extraordinária pode existir enquanto transita para outra ÚNICA Coisa extraordinária. De 1998 a 2012, a ÚNICA Coisa da Apple passou de Macs para iMacs para iTunes para iPods para iPhones, com o iPad buscando a pole-position na frente da linha de produção. Sempre que um novo “aparelho de ouro” entrava embaixo dos holofotes, os demais produtos não eram descontinuados nem relegados ao saldão. Essas linhas, além de outras, continuaram a ser refinadas enquanto a ÚNICA Coisa do momento criava um bem documentado efeito de prestígio, fazendo mais propício para o usuário querer adotar a família toda de produtos da Apple. Quando você entende a ideia da ÚNICA Coisa, começa a enxergar o mundo dos negócios de outra maneira. Se hoje sua empresa não sabe qual é a ÚNICA Coisa dela, então a ÚNICA Coisa dela é ir procurá-la.

.

Baixar PDF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Baixar Livros Grátis em PDF | Free Books PDF | PDF Kitap İndir | Telecharger Livre Gratuit PDF | PDF Kostenlose eBooks | Descargar Libros Gratis |